Negociação em vendas com PNL em Taubaté

Negociação em vendas com PNL em Taubaté

A Programação Neurolinguística é extremamente rica e é fundamental durante um processo de negociação ou venda. Veja agora 5 dicas cruciais para negociar e vender ainda melhor! FALE A “LÍNGUA” DO SEU OUVINTE E APROFUNDE O RAPPORT Quando dizemos “falar a língua” de alguém significa adaptar a nossa linguagem naquele momento. Usar palavras, expressões e principalmente o mesmo tom de voz do nosso ouvinte. Esta prática cria um ambiente de sintonia e confiança, pois o seu interlocutor se identifica com você. SEPARE AS PESSOAS DOS PROBLEMAS E GARANTA SINTONIA NO PROCESSO Durante um processo de negociação é comum ouvirmos objeções ou críticas. Neste momento não devemos entender as colocações do cliente como provocações, mesmo que esta tenha sido a intenção. Na Programação Neurolinguística usamos a técnica dos AMORTECEDORES que consiste em valorizar aquela colocação (por ex.: “entendo seu ponto de vista”) e logo depois argumentar (por ex.: “esta é uma boa oportunidade de falar sobre mais este ponto”) TENHA UMA ATITUDE POSITIVA E TRANSMITA A SENSAÇÃO DO SEU PRODUTO Nosso inconsciente interpreta a linguagem corporal a todo tempo. É importante estar bem disposto, sorridente e animado, pois o ouvinte, inconscientemente, associa o seu produto àquele estado emocional que você representa. Use a PNL a seu favor e transmita uma boa imagem. FAÇA PERGUNTAS ABERTAS E DESCUBRA OS INTERESSES Perguntas fechadas como “Você prefere azul ou amarelo?” ou “Você gostou do que viu até agora?”, restringem informações nas respostas, pois o ouvinte vai nos dar respostas simples, curtas e objetivas. A Programação Neurolinguistica nos ensina que perguntas abertas como “O que você mais gostou até agora?” abrem um campo maior de possibilidades de respostas e é neste momento que aprendemos mais sobre nosso cliente. FUJA DA LINGUAGEM TÉCNICA Use palavras conhecidas para todos. A PNL é uma excelente ferramenta para facilitar a compreensão entre todos envolvidos num processo de comunicação. Se a pessoa não domina o assunto tecnicamente, use analogias, metáforas ou apenas simplifique a sua linguagem para ser compreendido por todos.

Compartilhar isso

Comentários